Olimpíadas de Tokyo: atletas ficarão isentos das proibições de entrada de vírus

Tokyo – O governo japonês decidiu criar um sistema para isentar os atletas que competem nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio do próximo ano das restrições de entrada atualmente impostas a 159 países e regiões devido ao novo coronavírus que forçou o adiamento dos jogos, disseram fontes familiarizadas com o assunto.

Os atletas deverão monitorar sua própria saúde e testar negativo para o coronavírus dentro de 72 horas após deixarem seu país. Eles serão testados novamente ao entrar no Japão, e terão seus movimentos monitorados e restringidos após a chegada.

O comitê organizador local e o governo metropolitano de Tóquio devem chegar a um acordo sobre o estabelecimento do sistema em sua próxima reunião na quarta-feira.

Depois de impor fortes restrições à entrada de estrangeiros em resposta à pandemia do coronavírus, o Japão começou a facilitar as condições para viajantes de negócios de vários países.

O governo está estudando um sistema semelhante para os atletas nos jogos do próximo verão.

Os atletas poderão praticar ou competir no período de quarentena de 14 dias após a chegada, mas seus movimentos serão limitados a acomodações e locais específicos para treinar e competir em seus esportes específicos, de acordo com os planos de viagem apresentados às autoridades com antecedência.

Fonte: Kyodo News