Navio atracado em porto do Japão tem mais de 400 infectados com coronavírus

Novos casos de pessoas infectadas pelo coronavírus no navio de cruzeiro Diamond Princess foram confirmadas nesta segunda-feira(17),pelas autoridades japonesas. O navio está atracado no porto de Yokohama (Kanagawa) e os novos casos somam 99 pessoas, resultando num total de 454 infectados somente na embarcação. 
 
O Diamond Princess está  em quarentena desde 5 de fevereiro e deve terminar na próxima quarta-feria (19). Inicialmente com 3.700 passageiros e tripulantes, o navio tornou-se o principal foco da doença fora da China.
 
O governo japonês divulgou também mais quatros casos em Wakayama, aumentando para nove os casos registrados na província. Dois médicos do hospital, a esposa de um deles e um outro paciente já tinham sido infectados. O governador de Wakayama, Yoshinobu Nisaka, admitiu que os contágios podem ter ocorrido dentro do hospital.
 
O quarto novo caso diz respeito a um homem que não esteve recentemente no hospital e nem tem histórico de viagem para a China, onde o surto já matou 1.770 pessoas e infectou mais de 70 mil.
 
 
NÚMEROS DO CORONAVÍRUS NO JAPÃO
(atualização em 17 de fevereiro, às 20h30)
 
454 infectados (japoneses e estrangeiros) no navio de cruzeiro Diamond Princess, colocado em quarentena no porto de Yokohama (Kanagawa)
 
1 funcionário do departamento de quarentena infectado no navio
 
1 funcionário do Ministério da Saúde infectado no navio
 
1 funcionário que fez o transporte de passageiros infectados do navio
 
13 infectados entre os 700 japoneses repatriadas da China
 
16 infectados entre turistas chineses que visitaram o Japão e pessoas que tiveram contato com eles (inclui um motorista de ônibus japonês) em Tóquio, Kanagawa, Osaka, Aichi, Mie, Nara, Hokkaido e Chiba
 
13 pessoas (incluindo seis taxistas, um médico e uma enfermeira) relacionadas a uma festa de confraternização em Tóquio
 
1 taxista mulher infectada em Okinawa
 
8 pessoas relacionadas ao hospital Saiseikai Arida, em Wakayama (dois médicos, dois pacientes, a esposa de um dos médicos e três familiares de um dos pacientes)
 
1 homem infectado em Wakayama
 
3 homens infectados em Tóquio em casos isolados
 
1 homem infectado em Chiba
 
3 pessoas (casal e um amigo) infectadas em Aichi
 
1 homem infectado em Hokkaido
 
1 enfermeira do hospital Sagamihara Chuo infectada em Kanagawa
 
1 morte em Kanagawa (mulher de 80 a 89 anos)
 
519 casos no total