Estrangeiros são deportados do Japão, incluindo 150 brasileiros ilegais

No total, 9 mil estrangeiros foram deportados por estarem de maneira irregular no Japão

Tóquio – O Ministério da Justiça do Japão emitiu ordens de deportação para mais de 9 mil estrangeiros em situação ilegal no primeiro semestre deste ano, segundo relatório divulgado na semana passada.
 
Houve um aumento de 1.120 deportações em relação ao mesmo período de 2018.
 
Das 9.012 ordens de deportação deste ano, 31,2% se referem a vietnamitas (2.811), seguidos pelos chineses (2.124), tailandeses (1.077), filipinos (730) e indonésios (555). A lista inclui ainda 150 brasileiros.
 
Mais de 90% das deportações (8.148) resultaram de visto vencido. Também houve casos de entrada ilegal no Japão (232) e realização de atividade não correspondente ao tipo de visto (141), entre outros motivos.
 
Entre os 9.012 estrangeiros deportados, 5.857 estavam trabalhando ilegalmente no país. Ibaraki foi a província com mais casos de trabalho ilegal, somando 994 no primeiro semestre.

Fonte: Alternativa / Kyodo