Entrevista: Rodrigo Hata

O Cultura Nikkey abre espaço para os candidatos nikkeys expor seus projetos e se apresentarem à comunidade nipo-brasileira de Campo Grande. No total, seis perguntas foram enviadas para os 13 candidatos ao cargo de vereador, com prazo de cinco dias para as respostas após o envio. O questionário é igual para todos os entrevistados e as respostas serão postadas conforme a ordem de recebimento enviadas para a redação.

Noss sétimo entrevistado é a candidato Rodrigo Hata do PSD. 

*As respostas são postadas conforme enviadas pelos entrevistados.

1.Por que decidiu se candidatar?
 
Sou apaixonado por Campo Grande, quero poder retribuir tudo que essa terra me proporcionou, ajudar as pessoas, fazendo com que a vontade e o desejo do cidadão realmente seja realizado.
 
2.Qual seu grau de ascendência?
Sou filho de mãe nikkey com pai brasileiro, sansei (terceira geração).
 
Qual sua ligação com a comunidade nipônica de Campo Grande?
 
Faço parte da AECNB (Associação Esportiva e Cultural Nipo Brasileira de Campo Grande) porém, não atuante. Valorizo os costumes e a culinária japonesa oferecendo inclusive, na minha empresa.
 
3.O que os descendentes podem esperar de você, caso seja eleito vereador em nossa Capital?
 
Primeiramente manter os valores que a cultura japonesa preserva que é a disciplina, hierarquia, tradição, coletividade, gentileza, harmonia e respeito. Apresentar as propostas sugeridas e lutar para que se tornem projetos de lei ou melhorias para a comunidade.
 
4.De um modo geral, qual ou quais plataformas pretende trabalhar?
Farei uso das redes sociais, aplicativos de mensagens (whatsapp) e plataformas de vídeos Youtube.