Entrevista: Arthur Koga

O Cultura Nikkey abre espaço para os candidatos nikkeys expor seus projetos e se apresentarem à comunidade nipo-brasileira de Campo Grande. No total, seis perguntas foram enviadas para os 13 candidatos ao cargo de vereador, com prazo de cinco dias para as respostas após o envio. O questionário é igual para todos os entrevistados e as respostas serão postadas conforme a ordem de recebimento enviadas para a redação.

Nosso terceiro entrevistado é o candidato Arthur Koga do REDE.

1 – Quem é Arthur Koga?

Arthur Mitsugi Koga, natural de Glória de Dourados/MS, 52 anos, casado com Sabina Avelar Koga, um casal de filhos (31 e 28 anos), bacharel em direito (graduado em 1999), servidor público federal da UFMS desde 18/12/1981, admitido como mensageiro(mirim) com 13 anos de idade.

Atuação profissional: chefe da Divisão de Pagamentos (folha de pagamentos da UFMS); chefe da Seção de Pessoal do Hospital Universitário/UFMS; gerente de recursos humanos no Hospital Regional Rosa Pedrossian (cedido); assistente de procurador federal na Procuradoria Federal no Estado de Mato Grosso do Sul da Advocacia-Geral da União (cedido); assessor de Desembargador do Trabalho do TRT24 (cedido).

Atuação social: movimento SEGUE-ME (evangelização de jovens) do Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, como casal tesoureiro; voluntário de movimentos assistenciais filantrópicos (Associação Pestalozzi de Campo Grande).

Arthur Koga e família.

2 – Por que decidiu se candidatar?

Decidi ser candidato porque estou num estágio da vida que me permite SERVIR a comunidade de Campo Grande em tempo integral dedicado ao mandato. Legislar em prol de políticas públicas consideradas de estado “permanentes” não interessando o prefeito de plantão da vez. Ou seja, haverá sequência no cumprimento da política.

3 – Qual seu grau de descendência?

Sou da terceira geração – neto – sansei.

4 – Qual sua ligação com a comunidade nipônica de Campo Grande?

Minha ligação com a comunidade nipônica é restrita a alguns amigos do trabalho na UFMS, TRT e igreja. Por enquanto não sou associado do Associação nipo-brasileira de Campo Grande/MS

5 – O que os descendentes podem esperar de você, caso seja eleito vereador em nossa Capital?

Os descendentes podem esperar muita dedicação e empenho na defesa das propostas de campanha, e que o mandato é coletivo e terão papel de relevância caso queiram participar.

6 – De um modo geral, qual ou quais plataformas pretende trabalhar? 

As plataformas de trabalho têm abrangência na saúde, educação infantil, acessibilidade, estímulo ao comércio e indústria, cooperativismo como solução de organização social e econômica.