Empresas japonesas são contra a realização de Olimpíadas em 2021, diz pesquisa

Uma pesquisa apresentada no último dia 20, mostra que mais da metade das quase 13.000 empresas japonesas consultadas são contra os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio no verão de 2021, após um adiamento de um ano devido à pandemia do coronavírus.

A pesquisa online da Tokyo Shoko Research entrevistou 12.857 empresas, 27,8% disseram que querem que os Jogos de Tóquio sejam cancelados, enquanto 25,8% disseram que o evento esportivo deveria ser adiado novamente.

De acordo com o plano atual, as Olimpíadas começarão em 23 de julho, e os organizadores dos Jogos de Tóquio e o Comitê Olímpico Internacional concordaram em simplificar o evento em parte para garantir a segurança do coronavírus.

Os resultados da pesquisa parecem refletir a queda das expectativas para os benefícios econômicos que o evento traria, com menos visitantes ao Japão esperados, de acordo com a pesquisa realizada entre 28 de julho e 11 de agosto.

Embora 53,6% das empresas respondentes não sejam favoráveis ​​à realização das Olimpíadas conforme planejado atualmente, 46,2% disseram que querem que os jogos avancem de alguma forma.

A pesquisa revelou 22,5% a favor da realização das Olimpíadas conforme planejado. Cerca de 18,4 por cento preferem que o evento seja realizado, mas com menos espectadores e 5,3 por cento sem espectadores.

O Japão inicialmente controlou a disseminação do vírus, mas viu casos de infecção ressurgindo nas últimas semanas.

Mais de 60.000 infecções por coronavírus foram relatadas no Japão, incluindo mais de 18.000 casos em Tóquio, e o governo de Tóquio elevou seu alerta para a pandemia ao mais alto dos quatro níveis, significando que “as infecções estão se espalhando”.

Solicitou que os estabelecimentos que atendem bebidas alcoólicas e karaokês fechem às 22h até o final de agosto para reduzir o risco de infecção.

Com informações Kyodo News