Descendentes de 4ª geração de japoneses, os yonseis, podem ter visto liberado pelo Japão

A esperança para a 4ª geração de descendentes de japoneses (yonseis) está próxima de virar realidade. O Japão pretende liberar o viste de permanência para a entrada no país e a previsão é para este ano. O acordo firmado no final da década de 80, que liberou o visto de trabalho para os descendentes de japoneses até a terceira geração (sanseis), foi a solução encontrada pelo país para preencher a escassez da mão de obra naquela época.

O Japão passa pelo mesmo problema há décadas, necessita de mão de obra estrangeira, mas não cria aberturas para os imigrantes. Os primeiros decasséguis (termo usado para trabalhadores que retornam ao país de origem depois de um período), estão envelhecendo, é preciso de mais jovens para suprir a mão de obra necessária no país.

Projeto de liberação do visto para Yonseis

O deputado Mikio Shimoji, 55, do partido Nihon Ishin no Kai, esteve no Brasil e a “intenção” de transformar o projeto de liberação do visto de longa permanência para os Yonseis em um decreto, cuja aprovação seria mais fácil, sendo “projeto” não precisaria  ser debatido e votado no plenário. Segundo o deputado Mikio Shimoji, um texto na lei imigratória estaria sendo elaborado em conjunto com o Ministério da Justiça e das Relações Exteriores do Japão.

Para que entre em vigor, é necessário que o Primeiro Ministro Shinzo Abe assine o decreto. Shinzo Abe, fomentou as esperanças dos Yonseis quando levou pela primeira vez ao parlamento essa questão em fevereiro deste ano.

O documento que está sendo elaborado prevê uma série de reformas e que atende à solicitação feita ao governo central do Japão por importantes entidades nikkeis do Brasil neste sentido.