Quanto custa estudar em uma universidade no Japão?

Universidade de Tóquio está entre as melhores da Ásia. (Foto: Reprodução)

A preocupação de muitos estudantes e famílias é com os custos elevados de uma universidade japonesa, que envolvem não apenas os anos de graduação, mas também despesas com moradia, transporte e alimentação.

Na maioria dos casos, os jovens precisam deixar a casa da família para morar em um dormitório na cidade universitária.
Mesmo as universidades públicas no Japão possuem um custo elevado e muitas famílias optam por iniciar uma poupança logo após o nascimento do filho, com o intuito de garantir os estudos no futuro.
Para quem não tem uma condição financeira favorável, há opções de bolsas de estudo e algumas facilidades, destinadas principalmente aos estudantes com bom desempenho escolar.
De acordo com as informações dispostas em uma cartilha explicativa da subprefeitura de Tsurumi, em Yokohama (Kanagawa) e da NPO ABC Japan, os quatro anos de estudo em uma universidade particular podem sair entre ¥4 milhões e ¥6 milhões. Em uma universidade pública, o gasto é de aproximadamente ¥2,5 milhões.
As universidades de curta duração são mais baratas, com um custo médio de ¥2 milhões para dois anos de estudo. As escolas técnicas variam entre ¥1,2 milhão e ¥1,7 milhão no primeiro ano, de acordo com a especialização escolhida.
Além do valor de ensino, a família também deverá arcar com custos relacionados à moradia do estudante, alimentação, contas básicas e transporte escolar.
De qualquer forma, é muito importante que as famílias guardem dinheiro desde cedo, já pensando no futuro dos filhos. Não é recomendável contar totalmente com a aquisição de uma bolsa de estudos e em muitos casos, os incentivos não dão cobertura total para os gastos do estudante durante os anos acadêmicos.
Fonte: Ana Paula Ramos/Alternativa