O Hanabi Wadaiko precisa da sua ajuda

Para difundir a cultura japonesa em Mato Grosso, jovem nikkey promove campanha virtual para arrecadar patrocínio.

Hanabi Wadaiko em apresentação (Foto: Divulgação/ Rede social)

No dia 25 e 26 de novembro de 2017 será realizado um evento no Colégio Master, com apresentações culturais, barracas de comida, espaços interativos, exposições e vendas de produtos relacionadas a cultura popular e tradicional japonesa.

A atração principal é a roda de “bon-odori”, dança folclórica caracterizado por movimentos fáceis de executar e de aprender. Tão fácil que é capaz de qualquer pessoa aprender apenas imitando alguém na sua frente. O evento foi proposto com o intuito de atender a carência de eventos culturais nipônicos e tentar criar uma rotina de eventos anuais de pequeno porte.

Os custos são relativamente altos e para conseguir realizar o evento está aberto uma campanha virtual para arrecadar o recurso necessário  para a grande festa que promove a difusão da cultura japonesa.

Para o evento ser um sucesso existem despesas gerais com decoração, aluguel de palco e som, material de divulgação e principalmente para tentar pagar o transporte de outros grupos como o Ryukyukoku Matsuri Daiko – Filial de Campo Grande e o grupo Seishun Yosakoi Soran que se dispuseram a vir e abrilhantar nosso evento.

Quem deseja colaborar pode acessar o link da campanha: https://www.kickante.com.br/campanhas/o-hanabi-wadaiko-precisa-da-sua-ajuda

A iniciativa da campanha foi do professor substituto de engenharia elétrica da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso), Sólon Sadamitsu Otomura, 27 anos, cofundador e líder administrativo do Wadaiko.

“O evento foi proposto com o intuito de atender a carência de eventos culturais nipônicos e tentar criar uma rotina de eventos anuais de pequeno porte”, disse.

HANABI WADAIKO

Hanabi Wadaiko – grupo de Cuiabá. (Foto: Divulgação/Rede Social)

Hanabi Wadaiko é um grupo de percussionistas de tambores japoneses pertencente à Associação Cultural Nipo Brasileira de Cuiabá e Várzea Grande.  Iniciou as atividades em 25 de novembro de 2007 com incentivo dos associados locais e com o apoio do grupo Hibiki Wadaiko de Marília.

O grupo foi fundado com o objetivo de disseminar e preservar a cultura japonesa por meio da música que utiliza instrumentos marcantes na história do Japão, como por exemplo, o Taiko, tambor japonês conhecido como ser o símbolo da cultura japonesa e por ser o instrumento mais antigo do Japão.

A atividade é praticada principalmente pela faixa etária infanto juvenil, desde crianças de 8 anos até adultos de 25 anos. Além da percussão, que é o foco principal das músicas, é utilizada também a flauta tradicional japonesa “shinobue” e o bandolin japonês “shamisen” para compor as melodias da música.

O grupo atua principalmente em eventos culturais, mas atende também eventos privados como casamentos, festa de aniversário, inauguração de lojas, confraternização de empresas, eventos, etc. As apresentações privadas servem para arrecadação de fundos para manutenção e aquisição de instrumentos, pois não possui fins lucrativos.

Hanabi significa “fogos de artifício” e Wadaiko significa “Tambores em harmonia”. O nome Hanabi foi escolhido relacionando uma característica de Cuiabá com uma característica do Japão. No Japão há o costume de soltar fogos de artifício durante o verão, devido às festividades dessa época do ano, e é exatamente esta estação que é a predominante aqui em Cuiabá e que caracteriza muito bem o clima caloroso da cidade. Por isso “Hanabi Wadaiko”, somos o som dos fogos que ecoam pela cidade de Cuiabá.

Se alguém preferir nos ajudar por transferência bancária:

Banco do Brasil

Ag. 4043-6

Cc. 77777-3

Sólon Sadamitsu Otomura

CPF: 035.623.851-29

Link da campanha:

https://www.kickante.com.br/campanhas/o-hanabi-wadaiko-precisa-da-sua-ajuda

Link do evento:

https://web.facebook.com/events/155086765098445/

Link da página no facebook:

https://web.facebook.com/HanabiWadaiko/