Número de oferta de emprego no Japão é o mais alto em quase 24 anos

A disponibilidade de emprego no Japão atingiu em agosto seu nível mais alto em 23 anos e nove meses, enquanto a taxa de desemprego subiu 0,1 ponto percentual ante o mês anterior, informou o governo no último dia 2, “sinalizando que as condições do mercado de trabalho no país seguem melhorando em níveis acentuados”.

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social informou que a relação entre ofertas de trabalho e candidatos subiu 0,2 ponto porcentual, situando-se em 1,23 em agosto ante 1,21 em julho, ou seja, havia no país 123 empregos disponíveis para cada 100 pessoas em busca de trabalho. Trata-se do nível mais alto desde janeiro de 1992.

Enquanto isso, a taxa de desemprego em agosto subiu para 3,4%, de 3,3% registrados no mês anterior, informou o Ministério de Assuntos Internos e Comunicações em um relatório preliminar, atribuindo a melhora a “fatores temporários”.