Nikkey em Destaque: Octacílio Sakai Júnior preside importante sindicato do Estado

Octacílio Sakai Júnior é formado em Direito, pela Universidade Católica Dom Bosco. Se tornou servidor público do Estado em 2012, quando foi aprovado no concurso como Gestor de Atividades Gerais de Trânsito. Foi eleito presidente do Sindicato dos Servidores dos Detran (Sindetran-MS) em 2016, assumindo a função em 2017.

Em sua gestão, o Sindetran-MS mostrou-se atuante no combate à corrupção dentro do órgão e em todas as esferas do governo. “Tenho a convicção que não aceitar a corrupção e lutar para o devido cumprimento da Lei é uma das responsabilidades do Sindicato, por isso estamos sempre fiscalizando e cobrando dos agentes públicos”, afirma Sakai.

À frente do Sindetran-MS, Octacílio Sakai Júnior, junto à sua equipe, proporcionou progressos estruturais nas unidades do sindicato, assim como diversos convênios que garantem descontos em educação e lazer. Sakai lutou para implantação de um setor de Assistência Psicossocial no Detran, melhorias na remuneração dos servidores e o devido cumprimento da Lei.

Sakai pertence a uma tradicional família Nikkei de Campo Grande. Seus pais são atuantes na comunidade japonesa, com seu pai que foi presidente da Associação Campograndense de Basebol, atualmente sendo presidida pelo seu irmão Mauro Sakai, e sua mãe estando à frente do Funjikai por anos. Hoje, Octacílio Sakai Júnior é Chefe de Arbitragem da Associação Campo-grandense de Beisebol.

A influência familiar é muito importante nas ações sindicais de Octacílio Sakai Júnior. “Sempre vi essa função no Sindetran-MS com muita responsabilidade, por tudo que aprendi com meus pais. Eu não tinha a pretensão de fazer parte de um sindicato mas, quando resolvi abraçar a causa, meus pais me apoiaram na decisão mas me pediram apenas uma coisa, não jogar o nome da família na lama fazendo coisas erradas”. Hoje, à frente do Sindetran-MS, com uma gestão inovadora e pautada na austeridade pôs as contas do sindicato em dia. “Não quero ser mais um, quero fazer a diferença, principalmente tendo a convicção de que o sindicato é um instrumento que ajuda as pessoas a realizarem sonhos”, afirma Sakai.