Irmãos brasileiros nascidos no Japão apelam na Justiça para não serem deportados

Os jovens estudam em Saitama e são filhos de uma brasileira ilegal
Tóquio – Dois irmãos de 18 e 20 anos de idade, nacidos no Japão e filhos de uma brasileira ilegal, estão lutando na Justiça para não serem deportados, informou o jornal Nishi Nippon nesta quinta-feira (21).

Os irmãos brasileiros querem continuar morando no Japão e entraram com uma apelação no tribunal de Tóquio para que o governo suspenda a deportação e conceda autorização de permanência, alegando que seriam prejudicados e haveria muitas desvantagens com a ida obrigatória ao Brasil, um país que eles nem conhecem.

Em 2007, os irmãos obtiveram uma liberação provisória (karihoumen / 仮放免) e desde então passaram a estudar em escolas públicas japonesas na província de Saitama.

Atualmente, o irmão mais velho frequenta um colégio técnico e o mais novo cursa o terceiro ano do koukou (equivalente ao ensino médio).

Na primeira audiência, realizada nesta quinta-feira, os brasileiros argumentaram que têm muitos amigos no Japão, gostam de estudar e por isso querem ficar no país daqui para frente.

O governo, por sua vez, solicitou ao tribunal que rejeite o pedido de apelação dos irmãos, segundo o jornal.

A reportagem não cita informações sobre a mãe deles.

Fonte: Alternativa