Globo troca corresponde no Japão

Correspondente da Globo em Tóquio, capital do Japão, desde janeiro de 2013, o repórter Márcio Gomes deixou o país oriental e voltou para o Brasil.

O anúncio foi feito pelo próprio Márcio através de sua conta oficial no Twitter, na noite da última quinta-feira (25). Depois de cinco anos e meio, ele terá São Paulo como base para o seu trabalho.

Márcio voltou com toda a família, que também morava no país nipônico com ele. “Amigos, deixo Tóquio no fim de Junho deste ano para continuar o trabalho que tanto amo em São Paulo. Voltamos, eu e família, prontos para novos desafios, no nosso país”, afirmou.

O jornalista também anunciou o seu substituto na função: trata-se do repórter esportivo Carlos Gil, que está na emissora desde o fim dos anos 90. Gil é formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e já tem experiência fora do Brasil.

Volta de correspondente do Japão gera tensão em equipe da Globo

A volta de Marcio Gomes para São Paulo assustou a equipe de jornalismo da Globo. O jornalista era correspondente em Tóquio e se une a Roberto Kovalick no time de profissionais que retornam ao Brasil depois de trabalharem no exterior. A mudança gera insegurança no grupo, que teme perder espaço ou emprego diante de uma possível crise.

Segundo informações do Notícias da TV, Marcio Gomes deverá ocupar o lugar de repórteres que já disputam um concorrido espaço no Jornal Nacional. Os salários também são outro fator preocupante, considerando que os correspondentes voltam para a emissora com salários mais altos, o que pode representar menos vagas ou remunerações ainda mais baixas para iniciantes.

 

Curta nossa Fanpage

Siga no instagram @culturajpanesams

 

Fonte: Notícias da TV