Comunidade japonesa inicia preparativos para comemorar 110 anos de imigração

           

 

 

O cônsul-geral do Japão em Curitiba, Hajime Kimura, e representantes da Aliança Cultural Brasil-Japão reuniram-se nesta segunda-feira (23), no Palácio Iguaçu, com a governadora Cida Borghetti para alinhar os preparativos para a comemoração de 110 anos da imigração japonesa no Brasil. Para celebrar a data, a comunidade japonesa está organizando a Expo Imin 110, que acontece em Maringá, no Noroeste do Estado, entre os dias 19 e 22 de julho.

Cida falou sobre a importância da imigração japonesa para o desenvolvimento do Estado, principalmente nas regiões Norte e Noroeste do Paraná, que conta com uma grande comunidade nipônica. “O Paraná foi um dos estados que mais recebeu imigrantes japoneses e se beneficiou muito com a presença desta comunidade, que ajudou a construir o nosso Estado. Ao comemorar esses 110 anos de imigração japonesa, também reforçamos os laços de amizade e as contribuições culturais que a comunidade nipônica trouxe ao Paraná”, disse.

Praça da Imigração Japonesa Tomi Nakagawa em Londrina.

Presidente da comissão organizativa das celebrações, o deputado federal Luiz Nishimori explicou que, a cada dez anos, a comunidade nipo-brasileira comemora a chegada dos primeiros imigrantes. “O Paraná é o Estado com um dos maiores números de descendentes e está se organizando, em conjunto com o Governo do Estado, para fazer uma grande celebração”, disse o deputado.

De acordo com ele, milhares de pessoas são esperadas para a Expo Imin 110, que vai contar com a exposição de 40 empresas japonesas de tecnologia, além de exposições culturais, apresentações artísticas e gastronomia típica. “Nosso principal foco é deixar um legado e repassar a cultura e tradição japonesa para as próximas gerações. Por isso, teremos uma programação voltada para o público jovem, com a presença dos cartunistas Mauricio de Souza e Takao Koyama, criador do Dragon Ball”, afirmou Nishimori.