Brasileiro recebe prêmio da família imperial japonesa por difundir a cultura brasileira no Japão

No ano em que a imigração japonesa ao Brasil comemora 110 anos, um bauruense engajado na divulgação e promoção da cultura brasileira no Japão recebeu uma homenagem da família imperial japonesa.

Dos 167 homenageados, Mario Makuda foi o único brasileiro a receber o prêmio Higashi-Kuninomiya de Cultura (Higashi-Kuninomiya International Culture Award).

Entregue em cerimônia realizada em 1° de novembro, em Tóquio, o prêmio é concedido às pessoas, entidades ou organizações que contribuem com a sociedade japonesa nos mais diversos setores – ciência, tecnologia, artes, cultura, ações sociais, entre outros.

“No ano em que comemoramos os 110 anos da imigração japonesa ao Brasil, receber um prêmio que vem da família imperial é muito gratificante”, afirmou Makuda. “Meus pais são japoneses e vivem no Brasil. Quero homenageá-los com esse prêmio para que eles sintam orgulho do filho que fez o caminho de volta ao Japão”, completou.

Criado em 1963 pelo príncipe Morihiro Higashikuni, esse é um dos mais importantes reconhecimentos concedidos pela família imperial. “Na invenção não há distinção de superior ou inferior, de nobre ou humilde.

Invenções menores são preciosas. Pequenas invenções de cada nação é mais importante do que receber 100 prêmios Nobel. Uma pessoa que inventou uma deliciosa sopa de missô deve receber uma ordem de mérito cultural”, disse o príncipe naquela época.

Caminho de volta

Residente da cidade de Oizumi, na província de Gunma, Mario Makuda, 45, é filho de japoneses (nissei) e chegou no Japão em abril de 1991.

Como muitos brasileiros, trabalhou como operário em fábrica. Depois de dois anos, percebeu que não queria ficar para sempre num trabalho repetitivo. Sem muitas perspectivas de um plano de carreira, largou o serviço braçal para se dedicar à área de serviços. Foi gerente de recursos humanos, gerente comercial e também trabalhou como bancário.

Em 2003, resolveu arriscar o lado empreendedor e, com mais dois sócios, fundou uma agência de publicidade com escritório dentro de um shopping center. Logo começou a organizar eventos no local e não parou mais. Desde então organiza palestras, workshops, eventos culturais e corporativos, shows, e organização de feiras, sempre com a temática “Brasil”.

Hoje, Makuda é produtor de eventos e CEO da Promotion Brasil, empresa que organiza feiras, exposições e promove eventos culturais, com artistas locais e do Brasil. Um dos eventos mais importantes que promove atualmente é o Focus Brasil & Press Award.

Criado nos Estados Unidos, o evento é realizado no Japão há sete anos. Em 2017, ele passou a ser o sócio-produtor no país. O Focus Brasil é uma plataforma multidisciplinar que engloba painéis sobre, educação, cultura, arte, empreendedorismo, música e também duas premiações, o Press Award e o Business Award.

Makuda também é diretor da Câmara de Comércio Brasileira no Japão, na qual integra o comitê organizador do maior evento brasileiro na Ásia, o Festival Brasil. Além disso, é também diretor do grupo Brazilian Business Group Ásia, que promove mensalmente encontros de intercâmbio entre empresários brasileiros e japoneses.

Dentro da comunidade brasileira no Japão, pode-se dizer que, hoje, Makuda é considerado uma das pessoas mais ativas. Além de divulgar a cultura brasileira pelo arquipélago, ele é muito engajado em tudo no que se refere em difundir a boa imagem do Brasil e do brasileiro no Japão.